About

Banda das 3 Ordens Militares

A Falerística é uma ciência auxiliar da História que se dedica ao estudo das insígnias das ordens militares, de cavalaria e de mérito, de medalhas e condecorações em geral.

Os cultores da Falerística apelidam-se faleristas e incluem os coleccionadores, os antiquários e comerciantes, e os investigadores que usam as condecorações como fonte ou objecto de estudo.

O grupo porventura mais numeroso é o dos coleccionadores para quem a Falerística é acima de tudo um hobby envolvendo a busca, localização, aquisição, organização, catalogação, exposição, armazenamento e manutenção de peças adquiridas. Existem vários tipos de coleccionadores, desde aqueles a que poderemos chamar de generalistas, aos que se concentram num país, tipo de condecoração, ou período específico.

Entre os coleccionadores há os que prosseguem objectivos previamente traçados, combinando o coleccionismo com a pesquisa e o estudo das peças, e o seu enquadramento histórico, bem como a obtenção e estudo de documentação pertinente, vg. Alvarás ou Diplomas de concessão, iconografia, listas de condecorados, textos legais, caixas e estojos. São os que se podem considerar estudiosos amadores e que constituem um dos pilares do desenvolvimento e evolução da Falerística, como ciência autónoma da Numismática.

 

Mas há igualmente os que, sem este rigor, apenas procuram obter peças para incrementar ou melhorar a sua colecção, sem porém descurar o mínimo de informação de base e a metodologia do coleccionismo.

Ou seja, pode ser-se coleccionador, sem ter grande interesse na Falerística como ciência ou, ser-se um falerista, sem ser um ávido coleccionador ou, ainda ser-se simultaneamente, um coleccionador e um cultor da Falerística.

Os antiquários e comerciantes são os que se dedicam à compra e venda de peças ou colecções objecto de estudo da Falerística, à sua autenticação e avaliação. Entre estes há também verdadeiros faleristas cuja longa e diversificada experiência é amiúde aproveitada por casas leiloeiras, historiadores e conservadores de museus para identificação e/ou avaliação de peças.

A última categoria é a dos estudiosos e investigadores, quer como académicos, quer como amadores, cujo interesse e objectivo é a aquisição ou aprofundamento do conhecimento sobre peças que constituem o objecto de estudo da Falerística, seus vários tipos, origem, enquadramento legal, sistemas de concessão, modelos, tipos e variantes de insígnias, medalhas ou condecorações, fabricantes, agraciados e condecorados, e o seu enquadramento e contextualização históricos. Para tal, seguindo métodos científicos, procuram investigar com recurso a fontes e ao exame de colecções, públicas ou privadas. Porventura, o tipo mais raro entre os cultores da falerística.

Neste Blog publicar-se-ão artigos sobre a temática, quer em Português, quer em Inglês. Muitos deles foram originalmente publicados noutro Blogue homónimo em vias de desactivação.

Mais: A Falerística, do Autor